ACIDENTES DE TRABALHO – CAUSAS E CONSEQUÊNCIAS

Acidente de trabalho é aquele que ocorre durante a jornada de trabalho no local em que labora ou a serviço da empresa. Gerando lesão corporal, doença do trabalho resultando diminuição da capacidade do trabalho total ou parcial, de forma temporária ou permanente e até mesmo a morte.

A grande maioria dos acidentes do trabalho podem ser evitados, adotando algumas medidas simples, como o treinamento dos empregados e o uso dos EPI’s (Equipamento de Proteção Individual).

Causas: Os acidentes de trabalho são classificados em ato inseguro ou condição insegura.

Ato inseguro: É a maneira como as pessoas se expõem conscientemente ou não a riscos de acidentes, podendo provocar algum dano ao trabalhador, aos seus colegas ou a maquinas equipamentos e está diretamente ligado a falha humana. Esses atos são os responsáveis pela maioria dos acidentes.

Exemplos de ato inseguro:

  • Brincadeiras, brigas, farras, correria;
  • Expor partes do corpo a maquinas;
  • Trabalhador que não quer usar o EPI;
  • Desligar dispositivos de segurança;
  • Querer ganhar tempo;
  • Operar máquinas sem autorização.

Condição insegura: É quando o ambiente em que o trabalhador labora suas atividades é inseguro. Geralmente ligada a projetos, plantas e construções e são contra a vontade do trabalhador. Quando ligado colocam em risco os funcionários e equipamentos da empresa.

Exemplos de condição insegura:

  • Equipamentos ou máquinas sem proteção;
  • Pouca ou nenhuma luminosidade;
  • Falta dos equipamentos de proteção individual;
  • Piso com defeito;
  • Falta de sinalização de risco.

 

Consequências

Transporte: O custo para manter uma ambulância em funcionamento é alto. Elas possuem todos aqueles equipamentos médicos, consomem bastante energia, e tem também os gastos com manutenção. Dependendo do tipo de serviço que é destinado essa ambulância, é necessário um motorista profissional, técnico em enfermagem, enfermeiro e médico, o que torna tão caro esse serviço que sempre é acionado em caso de acidente.

Hospital: Em muitos casos de acidentes de trabalho, é necessário a realização de cirurgia, os equipamentos para esses procedimentos possuem custos muito elevados, oneroso também é o conhecimento exigido por parte dos profissionais que realizam tais procedimentos, como os médicos. Existem inda os gastos para internar o paciente (cuidados de enfermeiros, medicação, alimentação).

Familiar: Imagine que o acidentado é quem mantém os gastos da casa, uma família inteira pode ser afetada. Outra dificuldade são os custos com gaze, fraldas, remédio, soro, esparadrapos, cadeira de roda entre outros. Se engana quem pensa que os gastos terminam no hospital, quem já teve uma vítima de acidente em casa sabe disso.

Psicológico: Pessoas que sofrem acidentes de trabalho, nunca mais são as mesmas. Ficam mais atentas durante seu trabalho, algumas ficam traumatizadas e não conseguem exercer sua atividade como antes.

O trabalhador deve tornar habito atitudes prevencionistas, protegendo a sua saúde e a dos seus colegas. O mesmo deve ser feito pelos empregadores, zelar pela saúde e segurança do seu maior patrimônio, seus empregados. Proteja-se, existe alguém esperando por você.

A GESSTORHA Segurança e Saúde do Trabalho é uma empresa especializada na prestação de serviços de assessoria, consultoria, gestão e treinamentos. Promovendo nas empresas um ambiente mais saudável e seguro. Solicite-nos um orçamento e teremos satisfação em atendê-los.

 

Robert Julien da Rosa

Técnico em Segurança do Trabalho

(27/04/2016)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *